terça-feira, 6 de novembro de 2012

Propulsão Antigravitacional já é uma realidade?


Um indivíduo que deseja manter sua identidade em sigilo, e se apresentou somente como S.F., postou uma série de vídeos detalhando experimentos feitos com uma caixa negra que desafia a gravidade e possui características de propulsão. Ele alega que a caixa viola as leis de Newton, produzindo ação, sem uma reação.

Durante o vídeo pode-se ver os testes que são apresentados com uma narração repetitiva em inglês, descrevendo o que a tecnologia pode fazer.

Nos vídeos pode-se ver uma caixa preta, controlada remotamente, se movendo em superfícies como a água, esferas de vários tamanhos.  Em cada situação não há uma reação aparente do movimento da caixa preta.  For exemplo, quando ela é colocada sobre uma plataforma transparente, a qual pode se mover em qualquer direção horizontal, a caixa preta não empurra a plataforma para o lado oposto de seu movimento.

Em outro vídeo, a caixa preta (a qual alega-se ter o peso de aproximadamente 500g) empurra um bloco de concreto.  O resultado é que o bloco de concreto se move por uma distância sem qualquer força de reação.
Durante o vídeo, o objeto é descrito como tendo uma tecnologia de controle de gravidade, controlado por intermédio do uso de componentes solid state.  Alga-se que esta reação sem a utilização de um mecanismo de propulsão seja mais eficiente do que qualquer tecnologia atual e pode ser usada para produzir movimento em qualquer direção, potencialmente para cima e para baixo também (embora isso não tenha sido demonstrado).

S.F. alega que esta tecnologia possa permitir viagens em qualquer ambiente, seja em água, gás, ou no vácuo do espaço.  Contudo, o que não se viu no vídeo, foi a caixa preta flutuando no ar, sem contato com qualquer superfície.

Assista os vídeos do alegado experimento:

video


video

video

video

video

Fonte dos vídeos: TaiwanUFO


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário educado! Siga a política do 'se não pode dizer algo construtivo e legal, não diga nada.'