quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Viver intensamente significa mudar para melhor

O significado da vida é a mais urgente das questões. 
Albert Camus 

Não é de hoje que estudiosos, filósofos e até mesmo religiosos falam sobre a grandiosidade e a complexidade da vida. Essa gigantesca e impalpável impressão que temos de tudo e de todos somados aos acontecimentos que nos remetem a quem somos e o que devemos fazer daqui pra frente, só mesmo a existência de algo superior para nos fazer entender. 

Quando alguns acontecimentos não vão bem costumamos dizer que a "vida" não vai bem. A verdade é que a vida continua acontecendo como sempre, pelo menos até que possamos dar um último suspiro. Nesses momentos em que nada parece ir bem, é preciso, além de pensar em mudanças, entender a hora do recolhimento. 

Conversando com amigos nos últimos dias depois de uma fase não muito agradável em que os dias pareciam intermináveis e sem graça, notei que a maioria das pessoas se preocupam demais com as aparências, sempre. E a maioria delas acreditam de verdade que você também se preocupa. 

Nunca tive vergonha de ser quem eu sou. Muito menos vergonha de manifestar os momentos de fraqueza. Não vejo porque se preocupar com o que os outros podem pensar mas acredito na importãncia de se concentrar as energias para que as coisas melhorem e isso independe dos outros, mas basicamente e exclusivamente de você. 

Ninguém além de você é capaz de tornar a sua vida melhor. Somente você mesmo sabe exatamente o que te machuca e o que te faz bem. Sendo assim, somos exclusivamente e individualmente preparados para escolher o que nos convém. Claro que muitas vezes optamos por caminhos tortuosos que nos machucam, mas o livre arbítrio e a consciência estará sempre nos apontando - como placas reluzentes - qual é o melhor e verdadeiro caminho a seguir. 

A vida é cheia de escolhas e viver esse nosso momento da melhor maneira possível depende do que estamos dispostos a aceitar para nós. Os erros são inúmeros, os tropeços então, incalculáveis. Mas nada melhor do que um bom "tombo" pela estrada da vida para que os machucados possam nos fazer despertar. 

Conseguir entender que já é a hora de se levantar, limpar a sugeira física e energética deixada pelas horas difíceis e retomar o amor próprio com toda a força de nossa alma, é um atributo de poucos. Pelo menos é o que tenho observado por aí. 

Muitos vão querer que você permaneça na lama. Muitos se identificarão como amigos mas na prática sentem uma ponta de inveja (palavra horrível que eu não costumo pronunciar muito menos escrever, mas que as vezes é necessário) pela sua capacidade de auto renovação. Quando isso acontecer, fuja para bem longe dos "vampiros energéticos" que existem por aí. Pessoas que vivem de aparência, buscam caricaturas para tomarem posse e ainda por cima contribuem para a infelicidade alheia. 

Portanto, saber a hora certa de levantar, olhar adiante e concentar energias para que tudo de melhor possa vir nos nossos próximos passos, é sempre a melhor coisa a se fazer. Esqueça os momentos negros, esqueça a falta de perspectiva que muitas vezes surge pela nossa mente. Acredite que o melhor pode vir sempre, basta que cada um de nós permitamos que isso aconteça. E para isso acontecer, basta uma ação bem simples: amar a si mesmo, amar o próximo e dar caminhos às energias benéficas que estão ao nosso redor, esperando por uma abertura nossa para se derramar em nós nos enchendo de paz e alegria. Sempre!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é aceito, desde que se respeite a integridade alheia e assuma-se uma postura ética ao fazê-lo. Portanto, palavras de baixo calão e xingamentos em geral significam que seu comentário será excluído. Então, se for assim, nem se dê ao trabalho de comentar, pois estará perdendo seu tempo.