domingo, 15 de julho de 2018

ARQUIVO LAÉRCIO FONSECA - [VÍDEO]

O polêmico arquivo com as declarações do Prof. Laércio Fonseca feitas para a Pozati Filmes e que provocou a reação de alguns nichos da ufologia, enfim publicado. 
  • Cientistas se tornarão médiuns? 
  • A vida após a morte é a chave para compreender o fenômeno UFO? 
  • Os ETs atuam no meio de nós? 

Assista, avalie, reflita, pense e repense. Tire suas próprias conclusões.


quinta-feira, 12 de julho de 2018

A Patagônia está SENDO VISITADA por uma INTELIGÊNCIA que não podemos compreender?


Segundo o diretor da UFO Noise Patagonia em sua entrevista à TS-Digital por Patricio Frías, sim. Seu grupo é dedicado ao estudo e difusão do assunto dos OVNIs na região. Em uma entrevista, ele explicou que a área é ‘visitada’ por entidades devido à sua alta energia eletromagnética e depósitos minerais.

Patricio Frias é um ufólogo regional e diretor da Organização Patagônia OVNI, um grupo responsável pela coleta de relatórios e divulgação de casos envolvendo avistamentos de objetos voadores não identificados, bem como manifestações, perseguições e encontros envolvendo essas ‘entidades’. A TS-Digital entrevistou Frías, que explicou a natureza de seu trabalho para a organização e porque a região possui alguns dos maiores números de avistamentos. Ele observou que ‘a Patagônia é visitada por uma inteligência que não podemos compreender’, explicando que os fenômenos ocorrem devido à grande quantidade de reservas de água e minerais. Conforme documentado pela UFO Noise, pelo menos 150 eventos anômalos ocorreram na região.

A TS-Digital perguntou o porquê de um número considerável de avistamentos ocorrerem na Patagônia, em locais como Laguna Azul, que despertou curiosidade e fonte de mitos e lendas.

Ele explicou:
"Há uma reserva de biosfera. Esta visão concentra a maior quantidade de minerais e água doce."
Ele sustenta que muitas testemunhas viram luzes que desciam em rios e lagos para extrair “fluidos essenciais para a vida no Universo.

Ele ainda disse:
O carvão é produzido em localidades perto de Puerto Natales ou Rio Turbio, cidades gêmeas.
Existem lugares e áreas geográficas contendo grande riqueza mineral e verificou-se que ocorrem transmissões eletromagnéticas.
Quando perguntado especificamente sobre Laguna Azul, ele respondeu com um conto que chegou a essa comunidade vindo de um viajante:
"Eles me disseram que uma energia considerável é produzida no local onde o fenômeno ocorre. Foi-me dito sobre a presença de espécies humanoides na área. Um morador de Natales estava dirigindo seu caminhão, assustado. Ele nos contou sobre o que tinha visto na estrada, duas pessoas caminhando em capacetes brilhantes com luzes na frente. Quando o motorista se aproximou desses seres, ele percebeu que eles eram fora do comum. Sua altura era superior a dois metros e meio."
Durante outra seção da entrevista, foi perguntado a razão da Patagônia ser a fonte de tantos mitos e relatos no campo da ovniologia. Ele respondeu que a Patagônia chilena e argentina é visitada por uma inteligência que não podemos compreender:
"Há muitos casos em todo o mundo e cada região relata seres de diferentes formas. Esses seres, que são altos, vestidos e com luzes em cima de suas cabeças, foram vistos na Patagônia. Estamos ligados ao assunto dos seres que aparecem no subsolo. Há algo acontecendo com minerais, algum tipo de elemento que eles estão extraindo."
A UFO Noise opera fora de Puerto Natales e, desde 1997, pesquisou casos e divulgou informações sobre vários relatos de testemunhas oculares e experiências sobre rádio e televisão. Estes variam de avistamentos e perseguições [por OVNIs], até possíveis encontros com os ocupantes de objetos que pousam em várias regiões geográficas da região. Eles estiveram em contato com a AION (Agrupación de Investigação Ovnilogica Nacional), uma organização liderada pelo renomado ovniólogo nacional e internacional Rodrigo Fuenzalida, cujo objetivo é o de trocar e analisar evidências em vídeos e fotos de casos que acabaram indo para a imprensa.



Avistamentos de OVNIs se tornaram comuns na Patagônia


Os Objetos Voadores Não Identificados (OVNIs) não deixaram de ‘visitar’ o Chile, para o deleite de quem gosta de ovnilogia/ufologia, e segundo especialistas, por alguma estranha razão as supostas naves espaciais mostraram uma preferência pela Patagônia.

Estas foram as palavras de Rodrigo Fuenzalida, diretor da Agrupación de Investigaciones Ovniológicas de Chile (AION), durante uma entrevista com a agência de notícias EFE. Ele explicou que os OVNIs eram frequentemente visíveis no céus do norte do Chile, um dos mais limpos do mundo.

Algo semelhante estava ocorrendo no Peru e na Bolívia. Mais do que uma pessoa ousou sugerir que uma base para essas naves poderia existir na área, mas agora eles se ‘movimentaram’ para o sul.

Fuenzalida afirmou:
A Patagônia é, sem dúvida, a [área] com maior concentração de casos interessantes, levando-nos como organização a focar todos os nossos esforços nessa região.
O especialista no assunto sustenta que o aumento de relatos na área começou a ser registrado a partir de 1997.

Fuenzalida, que é um sociólogo de profissão, saliente:
A partir daquele momento, temos a maior taxa de abduções na Patagônia, cerca de 2000 quilômetros ao sul da capital chilena. Mesmo a série de televisão OVNI, produzida pela Televisión Nacional, conseguiu quantificar que 70% das abduções incluídos no show tinham sido registradas neste local.
À luz do ceticismo que sua declaração poderia causar, Fuenzalida observou:
Temos uma equipe forte e multidisciplinar de especialistas, formada por psicólogos e psiquiatras, com o objetivo de estudar essas pessoas e verificar seu nível de credibilidade. Seus níveis de patologia é extremamente baixo.
Para os fãs de OVNIs, as abduções por OVNIs não são novidade no Chile e os eventos que aconteceram a um cabo do Exército no norte de Putre em 1977 são amplamente conhecidos.

Foi lá que Armando Valdés foi supostamente abduzido por um OVNI por 15 minutos, aparecendo com um denso crescimento de barba depois disso, como se ele estivesse sob o domínio de extraterrestres por pelo menos cinco dias, de acordo com fontes corroborantes.

Fuenzalida afirma que a AION tem relatos de nove abduções, seis das quais foram investigadas, mas acredita que ‘há muitos mais’.

O último relatório é de 2005 e agora recebemos um relatório de uma abdução coletiva em Puerto Natales (sul do Chile) que está sendo investigada por especialistas nessa área. Achamos interessante, pois envolve uma família inteira.

Primeiro eles viram uma luz aparecer. Eles perderam a consciência. Ao acordarem, havia uma criatura imponente na frente deles, com uma enorme luz atrás da qual a entidade finalmente entrou.

Tantos eventos são difíceis de acreditar por aqueles que não são fãs da ovnilogia. Fuenzalida afirma que a AION é um grupo fechado com os melhores analistas de imagem OVNI.

Isso significa que 97% das imagens e vídeos recebidos podem ser decifrados e explicados com alguma certeza.

Fuenzalida revelou que em 5 de maio de 2018, pilotos da LAN Peru e LAN Chile viram formas luminosas anômalas na costa chilena.

Fuenzalida, que se levantou da cadeira com um sorriso e se despedindo, disse:
O áudio é muito interessante. Os pilotos estão desconcertados. Há comunicações frenéticas entre pilotos de ambos os aviões com torres de controle, mas isso é uma história para outro dia.