domingo, 27 de fevereiro de 2011

Sobre LIMPEZA

Desde que o homem largou o nomadismo e passou a se organizar em cidades, a aproximadamente 10.000 anos, nossa taxa de sobrevivência iniciou sua escalada de "sucesso".

"Sucesso" (assim mesmo, entre aspas), porque trata-se de uma faca de dois gumes. Se nos resumirmos ao crescimento da população e de sua expectativa de vida, de fato avançamos muito. Contudo, isto também contribuiu para nosso afastamento do ambiente natural. E é aqui que mora a bomba-relógio - o outro gume da faca. Esquecemos que, por mais evoluídos e filosoficamente superiores que tenhamos nos tornado (há controvérsias), ainda somos animais, resultantes de um processo de evolução natural (admitam logo de uma vez, criacionistas!) e, como tal, dependemos do meio-ambiente para a manutenção de nossa vida. Respiramos ar atmosférico, nos nutrimos de alimentos naturais e somos suscetíveis a praticamente os mesmos perigos a que todo ser vivo está exposto.

Excesso de limpeza é um problema muito, MUITO sério. Eu vejo essas propagandas de sabonetes bactericidas (Protex, LifeBuoy, Dettol), dizendo que as crianças não podem ter nenhuma bactéria nas mãos! Nenhuma! Necas! Lhufas! NADA!

PORRAAAAA!!! Nós somos feitos de bactérias, cacete! De cada 10 células que você tem, 09 não são suas, não têm o seu DNA! É isso mesmo: 90% de você... não é você! Nossa pele não é diferente: ela é cheia de bactérias que estão ali por dois propósitos: te comer e te proteger. Apesar de nos verem apenas como um picolezão gigante derretendo, se alimentando de nossa gordura e pele morta, não são bactérias nocivas, e ainda vêm com um importante adicional: não admitem que outras bactérias se instalem por ali. É isso aí: elas ficam, mas não deixam outras – as que realmente podem nos incomodar – chegar perto. Aí você usa aquele super-ultra-hiper-maxi-power-mega-blaster sabonete que mata tudo que encontra pela frente e acha que está protegido... mas NÃO ESTÁ! Você na verdade está eliminando as defesas naturais de sua pele, e a tornando um local maravilhoso para que microorganismos realmente nocivos apareçam por ali.

Outra coisa que tem me irritado profundamente é a mídia à respeito da higiene bucal. Hoje em dia "apenas" escovar os dentes não basta. Você tem que usar pelo menos uns três produtos diferentes (!!!) senão sua boca NÃO VAI ESTAR LIMPA! Só que, até para isso, desenvolvemos nossa própria defesa: a saliva. 99% de sua composição é pura água, e ela funciona como um, digamos, "detergente" bucal que mantém nossa boca limpa de forma satisfatória. O problema é que a santa evolução não prevê nada (muito menos a estupidez característica de nossa espécie), apenas tenta adaptar o que já existe ao que está ao seu redor, e não havia como imaginar que entupiríamos nossa boca com açúcar, produtos químicos, líquidos corrosivos, venenos e etc. Mesmo temperos naturais têm seu perigo, porque só tivemos a idéia de impregná-los em nossa comida a (evolutivamente falando) muito pouco tempo – vide todos os problemas que o sal nos causa. Chimpanzés, nossos parentes mais próximos (admitam, criacionistas!) têm dentes lindos e fortíssimos. E não os escovam nem uma única vez durante toda sua bastante longeva vida.

Se sua alimentação é de fato 100% natural em tempo integral (muito difícil, eu sei), escovar os dentes passa a ser uma preocupação bastaaaaaante secundária em seu processo de higiene corporal.

Aí vem a indústria da assepsia e faz aquele estardalhaço, mostrando bocas que "parecem" limpas – e estão mesmo! – abarrotada de bactérias SE MEXENDO (!!!), detectadas com aparelhinhos luminosos que nem sequer existem, manuseados por dentistas irritantemente sorridentes – com voz de cantor italiano.

O resultado dessa combinação? Simplesmente não podemos mais sobreviver sem escovar os dentes com a magnífica pasta de dentes Oral-B Pro-Saúde Limpeza Profunda com Cristais Active Clean, sem esquecer de que isso só pode ser feito com a novíssima escova Oral-B Indicator 35 Compact Head Toothbrush Medium, e nunca, jamais e em tempo algum deixar de lembrar de, no fim de tudo, usar o super-eficaz Novo Colgate Plax Whitening Tartar Control!!!

E não acabou ainda! É absolutamente vital que, no final disso tuuuuudo ainda, você use o fantástico fio dental Johnson & Johnson Reach Extra Fino 50 Metros!

Olhe que nomes absurdos! Agora tente decorar isso pra comprar na drogaria! Tomara que você não tenha nada urgente pra fazer, porque vai demorar um bocado!

Além do que, escovação excessiva PREJUDICA. Como disse antes, nossa boca não foi concebida para ser escovada, e vai reagir quanto a isso. Retração gengival e exposição do cemento dentário – que por sua vez, protege nada menos que a dentina. E aí, meu querido leitor, quando esta ficar exposta, você nunca mais vai poder tomar um sorvete ou saborear um delicioso capucinno quente.

O que quero dizer com tudo isso é uma coisa bem "simples": FIQUEM SUJOS.

É bem isso aí que você acabou de ler! Pode parecer estranho num primeiro momento, e não quero com isso sugerir que role numa poça de lama e fique 15 dias sem tomar banho. Apenas não cometa excessos.

Olhe suas mãos agora? Se já fizer tempo que as lavou, elas parecem estar sujas? Não? Então não lave, oras. Se não estiverem visualmente sujas ou com cheiro, simplesmente não há necessidade.

O mesmo com relação ao banho. Não deu tempo de tomar o seu hoje? Calma... ninguém morre se passar 01 dia sem banho. Tome no dia seguinte, não há problema de saúde algum nisso.

Já escovou os dentes e pintou aquela fome? Vá comer, oras bolas! Já vi gente se recusando a ir à festas ou, chegando lá, não aproveitando nada porque já tinha escovado os dentes...

PUTA QUE PARIU! Nada vai lhe acontecer se você deixar de escová-los 01 única vez! N-A-D-A! Não seja paranoico!

O corpo humano – nenhum corpo, aliás – não evoluiu para ficar limpinho ou parado. Nos aperfeiçoamos durante centenas de milhares de anos para viver num ambiente aberto e resistir à sujeira, parasitas e intempéries. Precisamos nos mexer e nos expôr às agruras do tempo. O homem precisa sentir extremos de temperatura, dor e desconforto.

Relaxe... nosso corpo é uma máquina de guerra com um belíssimo arsenal bélico, resultado de uma evolução primorosa. Ele pode dar conta de quase tudo que lhe investir contra. Permita que seu corpo reaja, sem ajuda. Isto vai fortalecê-lo - e lhe fazer economizar bastante dinheiro!

Ao menos uma dessas duas opções vai despertar seu interesse.

http://www.folha.com.br/eq831002
http://twixar.com/Y0vi7k



Um comentário:

Deixe um comentário educado! Siga a política do 'se não pode dizer algo construtivo e legal, não diga nada.'