domingo, 6 de janeiro de 2013

Tragédia em Xerém: Zeca Pagodinho e O Que Mais Um Artista Deve Fazer

"A situação está triste, a situação é muito ruim. Tem criança desaparecida, tem família soterrada", diz Zeca Pagodinho. O cantor está em Xerém, em Duque de Caxias, ajudando os moradores atingidos pela forte chuva. 


É ridículo ainda questionarem o fato de o Zeca (Pagodinho) ter aparecido em matérias na tragédia, sempre esperada nesta época do ano, em Xerém. O Zeca é um cara bacana, digno, sempre foi. Há tempos faz ações em Xerém, como a escola de música e, desde que seus filhos eram pequenos, ia com eles para os lugares mais remotos, fodidos, miseráveis distribuir os brinquedos que seus meninos não usavam mais, além de roupas, alimentos. E isso não tem nada a ver com politica assistencialista. Tem a ver com solidariedade. E nunca teve assessoria de imprensa divulgando essas coisas. 

Zeca é apenas um cara bom que acordou, viu a merda, e foi lá fazer o que podia, se é que podia fazer algo nessa catástrofe. Mas ao menos foi lá usar o seu prestígio para falar o que estava acontecendo, e não buscar prestígio com a tragédia. Fez o que todo ser humano deveria fazer enquanto um bando de políticos escrotos como Genoíno, Zito e outros deixam lixo nas ruas, nos gabinetes, no congresso. Esses sim, são os aproveitadores, os culpados, os verdadeiros assassinos.


Vídeo do programa Brasil Urgente, da Band:


video


Vídeo da Globo News:




Texto de João Pimentel
Fonte da notícia: g1.globo.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário educado! Siga a política do 'se não pode dizer algo construtivo e legal, não diga nada.'