terça-feira, 4 de março de 2014

Astronauta Leroy Chiaou fala sobre seu avistamento de OVNIs em 2005

Em 2005, o astronauta Leroy Chiao foi o comandante da Estação Espacial Internacional por seis meses e meio.  Durante uma ‘caminhada’ espacial com o cosmonauta Salizhan Sharipov, os dois estavam instalando antenas de navegação à uma altitude de 230 milhas (370 quilômetros) sobre a Terra, quando algo fora do normal chamou a atenção de Chiao.

“Eu vi algumas luzes que pareciam estar alinhadas e elas eram quase como uma ‘marca de visto’ (√) de cabeça para baixo, e eu as vi voando e pensei que se tratava de algo muito estranho“, disse Chiao para o The Huffington Post.

O colega de Chiao, Sharipov, não viu as luzes, pois estava virado para a direção oposta.

Esta experiência, recriada na foto acima, lançou a séria de uma semana do Science Channel chamada “Are We Alone?” (Estamos Sós? – trad. livre n3m3), que começou no dia 2 de março passado nos EUA.

Uma explicação oferecida para o avistamento de Chiao foi a seguinte: “as luzes brilhantes eram barcos pesqueiros a centenas de quilômetros abaixo dele“.  Mas seria esta a única interpretação possível para o que o astronauta viu?

O próprio Chiao não acredita que tenha havido alguma evidência tangível de visitação alienígena à Terra nem agora, nem no passado.

“Eu sou cético a respeito das alegações de que temos sido visitados por alienígenas de outro planeta ou outra dimensão, mas não descarto 100 por cento esta possibilidade.  Eu tenho uma mente aberta e acredito em outras vidas no Universo.  Se houver vida lá fora que seja muito mais avançada do que nós e eles sabem como viajar por grandes distâncias em curtos períodos de tempo, ou são capazes de vir de um universo paralelo até o nosso, por que eles simplesmente não vêm a se mostram?”

Os episódios “NASA’s Unexplained Files” (Arquivos Inexplicáveis da NASA) retratam os casos de OVNIs vistos ou fotografados por astronautas por muitos anos.

OVNI fotografado pelos astronautas da missão Apolo 16.
Entre inúmeras evidências, uma evidência fotográfica de um OVNI ocorreu em 1972, durante a missão lunar Apolo 16, quando astronautas retornavam à Terra com vários rolos de filmes, um dos quais mostrava algo intrigante acima da superfície lunar – algo que parece exatamente como um disco voador “clássico” (foto ao lado).

Abaixo, um segmento de um dos episódios, onde é mostrado o caso do astronauta James McDivitt, em uma das missões Gemini da década de 1960, o qual filmou um estranho objeto no espaço. Ao retornar à Terra, seu filme foi recolhido pela NASA para ser revelado.  McDivitt alega que quando a NASA retornou o filme revelado, as imagens não eram as mesmas do objeto que ele havia visto e filmado:



De forma interessante, são muitos os indícios de que a NASA e outras agências espaciais tentam acobertar com justificativas mundanas quaisquer anomalias encontradas no espaço, indo até mesmo contra as declarações dos astronautas/cosmonautas treinados por elas mesmas. 

Talvez essas agências devessem revisar e aprimorar seus programas de treinamento, pois aparentemente muitos de sua equipe constantemente confundem “Vênus, balões meteorológicos e gás do pântano”. e agora barcos pesqueiros, com OVNIs voando livremente pelo espaço.


Fontes: 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário educado! Siga a política do 'se não pode dizer algo construtivo e legal, não diga nada.'